quarta-feira, 18 de Março de 2009

Jantar Blogoesfera 2008


Recebemos este convite... Um evento a não perder. Com o selo Omo Team para um dos eventos mais «Dirt is Good» deste verão.
No ano em que entrámos em força para a agenda política, com o debate sobre o casamento civil entre homossexuais a verter em força para a sociedade portuguesa, o Max e eu queremos juntar no mundo real quem tem pugnado pela igualdade de direitos através da comunidade virtual que é a blogosfera. Para celebrar o muito que já se caminhou e reunir forças para o muito que ainda falta; para unir vontades que se têm vindo a multiplicar e que vão ser precisas para as batalhas que nos esperam; ou, muito simplesmente, para pôr uma cara nos nomes com que temos vindo a assinar os nossos contributos escritos para uma luta comum.
No dia 6 de Junho, três semanas antes do Orgulho de 2009, queremos juntar a blogosfera LGBT à mesa. Em Lisboa e num restaurante ainda por definir, que isso vai depender do número de pessoas inscritas. Quem estiver interessado, deve enviar uma mensagem para dev.desintericos@gmail.com com o nome, nick e endereço do blogue. As inscrições estão abertas até dia 6 de Maio, altura em que eu ou o Max iremos enviar mensagens de correio a todos os interessados para confirmar presenças. Quem nessa altura não responder, será excluído da lista de inscritos. E a orientação sexual das pessoas é indiferente: basta que tenham um blogue onde tenham vindo a defender a igualdade de direitos. Comentadores e simpatizantes são, muito naturalmente, bem vindos!!

terça-feira, 3 de Março de 2009

Do casamento gay aos Dieux du Stade 2009



Olá a todos!

Ao longo dos últimos dois meses temos vindo a assistir ao debate público do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Já foi dito de tudo um pouco. Da anormalidade à convicção self-proclamada, do apoio aos maus tratos, etc etc etc... Gostava apenas de deixar registado algum desagrado.

Primeiro, porque o nosso primeiro não passa de troca tintas. Escolher este momento de crise para se auto-proclamar o senhor da esquerda com o estandarte da bandeira gay é no mínimo um jogo baixo. Um jogo de baixo hipócrita de quem muito recentemente obrigou a sua bancada parlamentar a votar contra as propostas feitas por diferentes cantos do partalamento.

Depois, porque a igreja católica me aborrece. Se há quem baixe as calcinhas são eles. Esta organização, constituída maioritariamente por homossexuais recalcados está claramente a passar dos limites. Penso que será, talvez, por estarem a perder clientela nas suas igrejas e mosteiros: há cada vez menos homens em Portugal a enveredar pela carreira de padre.

Posto isto, resta-me uma crítica à comunidade LGBT: temos de ser mais activos na defesa dos nossos direitos. Quando José Saraiva Martins chama aos membros LGBT de anormais não consigo perceber porque não fomos para as portas principais da igreja católica em Portugal atirar tomates!

Nota: É de louvar os debates promovidos pelo programa prós e contras e tvi 24 sobre o tema. Esperamos que a atenção seja a mesma quando for os próximos Gay Pride. Espero também que a participação na manifestação deste ano não seja a vergonha que tem sido nos anterior.
E... tenho dito!

quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009